Prados foi fundada pela família Prado, vinda de Taubaté, São Paulo, sob o comando dos bandeirantes Manoel Mendes de Prado e de seu sobrinho Félix Mendes de Prado, sendo este o VI avô do presidente Getúlio Vargas. A procura desenfreada e ambiciosa do ouro, desde 1704, deu origem ao arraial.

A Semana Santa é uma solenidade suntuosa, que conserva as tradições coloniais da religiosodade mineira originada no século XVIII, sendo uma das poucas cidades mineiras a executar obras musicais de grandes compositadores sacros do barroco mineiro  Lobo de Mesquita e Manuel Dias de Oliveira.

Uma boa época para se conhecer Prados é o mês de julho. Além de todo o charme e acolhimento de uma pequena cidade encravada na serra, Prados realiza há mais de trinta anos um festival de música reconhecido nacionalmente. O festival, realizado pela Lira Ceciliana com o apoio da USP, reúne músicos da região a alguns dos mais conceituados instrumentistas do país.